Guardiões da Galáxia | Crítica

Lembro quando a Marvel anunciou Guardiões da Galáxia e a minha reação inicial foi:
"O que diabos Guardiões da Galáxia está fazendo nos planos da Marvel?"   
Eu conhecia pouco do material original e fiquei perplexo. Confesso que fiquei com os dois pés atrás, não levei fé que daria certo.

Mas quando foi divulgado o primeiro trailer do filme, tudo mudou. Era tão diferente de tudo que a Marvel já tinha feito antes que eu imediatamente me apaixonei e não podia esperar para ver. Mas no fundo me questionava: Poderia esta pequena brincadeira sci-fi bizarra(sério, tem um Guaxinim cara!!) com um elenco de personagens desconhecidos realmente funcionar?  A resposta é um sonoro "SIM". Guardiões da Galáxia não é apenas um filme bem feito baseado em quadrinhos , mas sim um filme excepcionalmente bem feito.

O aventureiro Peter Quill(Chris Pratt) rouba uma esfera pertencente ao poderoso vilão Ronan, e passa a ser procurado por vários caçadores de recompensas. Para escapar ao perigo, ele une forças com quatro personagens fora do sistema: Groot(Vin Diesel), Gamora (Zoe Saldana), Rocket Racoon (Bradley Cooper) e Drax, o Destruidor (Dave Bautista). Mas Quill descobre que a esfera roubada possui um poder capaz de mudar os rumos do universo, e logo o grupo deverá proteger o objeto para salvar o futuro da galáxia.


Se você acha que a Marvel trabalhou bem os personagens principais em "Os Vingadores", espere até ver "Guardiões da Galáxia". TODOS os cinco estão em destaque, TODOS são igualmente importantes, TODOS tem  momentos de emoção. Méritos para James Gunn, este filme não teria sido tão bom com outra pessoa no comando. Guardiões possui divertimento ininterrupto, onde até nos momentos de ação e tensão consegue arrancar risadas, ao mesmo tempo que surgem alguns momentos surpreendentes de emoção de seu grupo desorganizado de anti-heróis.

O elenco está muito bem sincronizado. Vin Diesel consegue com apenas três palavras conquistar toda a platéia. Mas posso falar que minha surpresa foi Davi Bautista como Drax,o destruidor. O ex-lutador de MMA mostrou muito talento na atuação do personagem. Os efeitos especiais estão ótimos, o nível técnico, é surpreendente.  Mas um dos principais destaques ficam com a trilha sonora, embalando as sequências do filme. Com músicas como "Hooked on a Feeling", "I Want You Back" entre outras famosas, não tem como o público não querer cantar (e dançar) junto.

Enfim, Guardiões da Galáxia é inteligente, engraçado e muito maravilhoso em seus próprios méritos. Este é o tipo de filme que faz você implorar pela sequência. Guardiões da Galáxia é um verdadeiro presente para os amantes de sci-fi/cinema/quadrinhos e diversão, principalmente diversão.

Nota Final: 4,5/5

PS.: Aguarde a cena pós-crédito. É ao mesmo tempo uma cena inútil,mas que você pensa:"Eu não acredito que vão fazer isso!! Que demais!!!"


Anterior
Next Post »