A geração "Bazinga" que é ruim ou você que é chato? | Coluna: A Conexão


Vivemos em um momento que ser "nerd", gostar da cultura pop, assistir todas as séries ou filmes de heróis virou moda. Todos assistem e todos gostam, muito por conta da geração "Bazinga" que veio junto a famosa série The Big Bang Theory.

Primeiro vamos deixar claro o que é a Geração Bazinga. Esta geração é composta por pessoas que GOSTAM dessa onda de super-heróis e seus derivados, mas NÃO são nerds. Muitas dessas pessoas passaram a ter interesse depois de assistir a série de comédia TBBT, ou vieram junto a trilogia do Batman do Nolan e também com o primeiro filme do Homem de Ferro em 2008. São pessoas que passaram a querer estar nesse meio se "socializando", assistem aos filmes, séries e compram roupas, mas para por aí, não existe vontade de conhecer os quadrinhos. Talvez um ou outro.

Essa geração tem um problema, não buscar o conhecimento sobre aquilo do qual passou a gostar, atualmente vejo muitas pessoas que gostam muito do Homem de Ferro do Robert Downey Jr e quando você entra em alguma discussão na internet com eles, fica claro que o que ele realmente conhece do personagem é aquilo que a Disney esta mostrando nos filmes, não sabem que ele é um cachaceiro que só faz merda atrás de merda, e que antes de 2008 era QUASE um personagem B da Marvel, pessoas que torciam pelo Capitão América ou pelo Homem de Ferro em Guerra Civil, mas não sabiam pelo que ele estava lutando e que nunca leram os quadrinhos de mesmo nome que deu origem ao filme, são pessoas que simplesmente dizem "Superman é um bosta, uma pedrinha derrota ele, Batman vai dar um pau", se esta geração tem um problema, o problema é este, não conhecer a fundo e querer pagar de gostoso em cima de quem conhece.

Eu basicamente ando lado a lado com esta geração, em sua maioria são pessoas de minha idade, a diferença é que eu me interessei por este assunto quando tinha 5 anos, dali em diante comecei a me envolver mais, quando com 11 anos eu comecei a comprar mangas e realmente entrar de cabeça nesse mundo.

Talvez o problema de aceitação dos "bazingueiros" seja exatamente o fato de não estar andando com a geração antiga, essa geração que hoje tem mais que 25 anos e gostam de quadrinhos desde crianças esquecem os benefícios que essa nova geração nos trás, me diga, quando tinha 6 filmes sobre quadrinhos em um mesmo ano? Temos cerca de 11 séries sobre quadrinhos em atividades no momento, quando tivemos isso? Animações de heróis passando no cinema, até a moda foi influenciado, ou você acha mesmo que a C&A fez roupa comemorativa dos 30 anos de Saint Seiya porque eles são legais? Eles sabem que hoje tem um público forte e que não sofre mais preconceito então vai vender.

Muitos dos Nerd's mais antigos tem um sério problema, se achar e querer ser o exclusivo só porque conhece os quadrinhos e gosta disso a décadas, vejo muita gente dizendo "cala boca, você nem havia nascido e eu já comprava quadrinhos" se dizem isso para mim, que sempre acompanhei e curti quadrinhos, como que os bazingueiros são tratados? É lógico que tem os bazingueiros chatos, como comentado no início, mas deveríamos abrir mais a mente e aceitar essa galera.

Como "Nerd's" sempre sofremos preconceito, sempre fomos zoados na escola ou na rua por gostar dessas coisas, então nós mais que qualquer pessoa deveríamos ter uma mente mais aberta, mais que qualquer outro devemos abrir os braços e dizer "pula pra cá e vamos nos divertir juntos" afinal ser Nerd é Pop.

BAZINGA!

*
Jhonatan Cespedes é o criador do Sociedade Geek e colaborador aqui no Will,Who.
Anterior
Next Post »